Plataforma open source é uma boa ideia pra loja virtual?

Plataforma open source é uma boa ideia pra loja virtual?

0
SHARE
Como criar um site de vendas

Manter uma loja virtual pode parecer uma tarefa muito mais fácil do que se comparada a um estabelecimento físico, afinal, tudo ocorre de maneira sistematizada e não é preciso se preocupar com uma série de aspectos que são facilitados. Entretanto, quando o projeto sai do papel e é colocado em prática, os métodos de como montar um e­-commerce parecem se tornar bem mais complicados.

➜ 8 Dicas para montar uma Loja Virtual

Há uma série de questões técnicas, bastante complexas, a serem analisadas e decisões a serem tomadas com agilidade para que tudo funcione normalmente e os clientes saiam satisfeitos com suas compras.

LEIA TAMBÉM:

>E-MAIL MARKETING
>PORCENTAGEM DE VENDAS NO MERCADO LIVRE
>COMO COMPRAR NO E-BAY E PAGAR COM BOLETO

>COMO GANHAR SEGUIDORES NO INSTAGRAM
>COMO SER TORNAR UM EMPREENDEDOR INDIVIDUAL
>FAÇA UM CURSO DE E-COMMERCE

Dentre as principais dificuldades entre os empreendedores do mundo virtual está a construção da própria loja. Apesar de existirem modelos prontos, é importante escolher o formato e o conteúdo certo para o seu tipo de negócio. E entre as diversas opções está a plataforma open source, que tem sido uma opção bastante interessante a ser testada.

Mas não são todos os empreendimentos que fazem sucesso com essa opção. Existem vantagens e desvantagens em manter seu e­commerce por meio desta plataforma. Para entender melhor sobre o funcionamento e suas principais características, basta continuar lendo. Logo em seguida você terá a capacidade de decidir se essa é a opção mais adequada para o seu negócio.

➜ Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios e não consegue vender

O que é uma plataforma open source

Antes de mais nada, vamos ao conceito de open source. Trata­se de um termo técnico da língua inglesa que significa código aberto. Ele é usado para diversas designações de software, pois eles possuem seus códigos fontes, que se forem abertos podem ser adaptados por profissionais da área para diferentes fins.

LEIA TAMBÉM:

>COMO FAZER UM PLANO DE AÇÃO PARA SEU NEGÓCIO
>PLANO DE PROJETO DE LOJA VIRTUAL
>SAIBA UM POUCO MAIS SOBRE ADWORDS

>O QUE AS PESSOAS MAIS COMPRAM NA INTERNET
>COMO ANUNCIAR PRODUTOS NA OLX 
>O QUE É E-PROCUREMENT

É importante lembrar que um código livre não diz respeito à possibilidade de acesso gratuito, apesar de a maioria deles ser disponibilizados para download dessa forma. Ser um software livre significa ter liberdade de comercialização e de alteração, por qualquer usuário que tenha os conhecimentos necessários e acesso ao código fonte, que no caso está disponível para qualquer um. Por esses motivos, as lojas virtuais têm aderido cada vez mais esse modelo de plataforma.

➜ Baixe e-book Ferramentas de monitoramento

As características que chamam mais atenção são suas funções tecnológicas e altíssimo grau de personalização disponível. Por estarem disponíveis para serem estudadas, modificadas e aprimoradas, essa tem sido a escolha de várias empresas. A base de toda a loja estará totalmente montada e cabe à equipe decidir apenas quais os pontos que serão alterados para se adequar às principais características da loja, necessidades da empresa e, principalmente, o perfil do cliente que se deseja alcançar com o empreendimento.

Cuidados para manter a plataforma open source

A plataforma open source tem sido a solução para muitos empreendedores no mundo inteiro, que desejam agilizar o processo de construção da loja online. Mas é preciso tomar bastante cuidado, pois ela pode até vir totalmente pronta, mas é necessário fazer as atualizações de acordo com a loja que vai ser inserida na plataforma. Para que tudo funcione plenamente como na forma desejada, é necessário que se tenha conhecimentos aprofundados sobre programação na web.

➜ Datas comemorativas

Por isso, é extremamente importante contar com o apoio de um profissional da área para implementação do sistema. Muitas vezes, o que é economizado com a aquisição de uma plataforma pronta, pode ser gasto no pagamento de um funcionário que saiba operá­la. Além disso, a manutenção do sistema fica por sua conta apenas, podendo gerar mais gastos.

LEIA TAMBÉM:

>PLANO DE NEGÓCIOS
>CONHEÇA OS PRODUTOS MAIS VENDIDOS NA INTERNET
>SAIBA MAIS SOBRE E-COMMERCE

>COMO CRIAR UMA NEWSLETTER
>SAIBA MAIS SOBRE E-BUSINESS
>COMO COMPRAR PRODUTOS BARATOS PARA REVENDER
>APRENDA COMO MONTAR UM PLANO DE NEGÓCIOS

O ambiente de comércio que você optou precisa de acompanhamento e manutenções quase que diários e não será disponibilizado nenhum tipo de suporte. Então, o risco de colocar o site no ar e acontecerem falhas fica totalmente por sua conta. Além disso, é importante acompanhar a comunidade de desenvolvedores para ter conhecimento sempre que uma nova versão ou atualização for disponibilizada.

As vantagens e desvantagens da plataforma open source

Podemos destacar uma vantagem e uma desvantagem em possuir uma plataforma open source em uma loja virtual, que são a base para todos os demais pontos positivos e negativos. A principal vantagem oferecida é o fato de que, ao escolher essa opção, seu site sempre será atualizado com tudo que há de mais avançado em diversos pontos, principalmente na otimização da página para impulsionar as vendas. Sua equipe não será a responsável por buscar as mais novas tecnologias, pois os usuários das comunidades de programadores são aqueles que precisam se preocupar com essas questões. Sempre que uma novidade for lançada, basta decidir se deseja experimentar, aplicar e colher os frutos.

➜ Aprenda como usar Google Analytics

Esse tipo de plataforma foi a principal responsável pelo desenvolvimento do comércio eletrônico brasileiro nos últimos anos. Afinal, existem diversos programadores talentosos dispostos a criar e experimentar novas estruturas para os sites.

Já no que diz respeito às desvantagens da utilização de plataformas de código aberto em uma loja virtual, o principal ponto é que será necessária uma equipe de TI bastante elaborada. Como a atualização de aplicativos, formatos e novas possibilidades são lançados constantemente, é preciso ter alguém que realmente entenda sobre o assunto para fazer as instalações necessárias. Além disso, um profissional qualificado pode oferecer mais do que um simples trabalho técnico, ajudando a avaliar se todos os novos recursos realmente valem a pena para o caso específico da empresa. Muitas vezes, as atualizações podem acabar retirando os elementos que têm feito maior sucesso no site. Por isso, é preciso avaliar e fazer somente as modificações adequadas.

Open source é uma boa ideia para loja virtual?

Agora que todos os prós e contras já foram apresentados, além de uma descrição detalhada sobre o modelo, cabe a você decidir se a plataforma open source é uma boa ideia para sua loja virtual. Esteja ciente de que você estará trabalhando com estruturas que irão oferecer as melhores tecnologias de venda para sua empresa e que tudo pode ser atualizado conforme a demanda da loja.

Os custos com TI podem acabar sendo um pouco mais altos, mas não há nada que pague o preço do sucesso, pois sua loja virtual será encontrada com muito mais facilidade, irá oferecer um ambiente mais agradável para os clientes e terá à sua disposição as mais recentes atualizações do mercado online.

 

LEAVE A REPLY