O que é mix de marketing e qual a sua importância

O que é mix de marketing e qual a sua importância

0
SHARE
O que é mix de marketing?

Desfrute de todas as vantagens de dominar o mix de marketing para difundir a sua marca, atrair novos clientes e vender mais

As expressões e a reflexão que giram em torno do marketing não são recentes, embora tenham surgido termos novos ao longo dos últimos anos, a preocupação em criar estratégias para promover uma marca e um produto ou serviço não são recentes. Um bom exemplo disso é o mix de marketing.

Também é chamado de composto de marketing, porém, mix de marketing é o termo mais usado até porque reflete melhor a ideia do termo. Foi Neil Borden, presidente da Associação Americana de Marketing, que o apresentou, ainda na década de 1960, referindo-se aos principais ingredientes para criar um plano de marketing.

➜ Gestão de e-commerce para PME

Já a palavra mix, ele se baseou no que James Culliton, professor da Universidade de Harvard, tinha dito anteriormente, dando ao executivo de marketing a função de “misturador de ingredientes”. E esses ingredientes são, basicamente, os 4 Ps: produto, preço, praça e promoção, os quais simplificam os principais elementos na hora de fazer marketing.

Para entender melhor a importância do mix de marketing e o que significam esses 4 Ps, é preciso lembrar que marketing não se trata apenas das ações de publicidade de uma empresa.
Todas as ações voltadas para vender o produto integram o plano de marketing, inclusive, o próprio produto.

Entendendo melhor os 4 Ps

Como acontece muitas vezes na hora de fazer marketing, você pode estar realizando um tipo de ação específico, que possui até nome e você nem sabe disso. Pensar nos elementos do mix de marketing, os 4 Ps, é algo que todos os empresários fazem quando lançam um produto.

O primeiro P é produto

Quando você abriu o seu negócio possivelmente fez isso porque tinha um produto (ou mais de um) que considerava útil para um determinado grupo de pessoas, o seu público alvo. Mesmo que você apenas revenda um produto, sabe que ele tem uma importância, relevância, utilidade específica para um conjunto de pessoas.

Ao identificar isso, ou mesmo ao desenvolver um produto baseado nas necessidades dos consumidores, você está pensando no primeiro P do mix de marketing. O mesmo acontece ao escolher a embalagem para os seus produtos, definir quais cores devem ter, quais os tamanhos mais apropriados, quais outros produtos podem ser vendidos também e mesmo o nome de cada um.

O segundo P, de preço

Também é definido a partir de uma ação de marketing, porque é importante conhecer o seu público alvo, os seus concorrentes, o seu mercado de atuação e outros aspectos para finalmente definir qual o preço que ele vai ter para o seu cliente, o qual deve ser competitivo.

Entram nesse P também os descontos e promoções que o seu produto vai ter para se popularizar. Nessa hora você avalia ainda qual a margem de lucro que deseja ter com cada venda e para isso é preciso saber qual o custo que ele tem para a sua empresa. É possível oferecer um produto de alta qualidade por um preço maior ou fazer um produto mais barato com qualidade inferior. Isso depende do seu púbico alvo, mas também da missão da sua empresa.

O terceiro P, de praça

Esse P se refere aos locais onde o seu produto será vendido. De que forma o produto vai ser visto pelo seu público alvo? Loja física, loja virtual, revendedores, venda direta de porta em porta, vai participar de feiras, vai estar em outras lojas ou só em estabelecimentos próprios?

Todos esses questionamentos que você provavelmente fez ao definir como seria a venda do seu produto ou que está fazendo para lançar um novo produto integram o mix de marketing. Aqui também entra a cadeia de distribuição, desde a obtenção da matéria prima até a chegada do produto para o consumidor, logística, entrega, etc.

Por fim, o quarto P, de promoção

É o que mais se associada ao marketing, ou seja, a publicidade do produto, embora como foi visto, o marketing engloba todos os passos de um produto, desde a sua concepção. Na hora de pensar na promoção de um produto é importante avaliar quais são os meios de divulgação mais eficientes.

Hoje em dia, existe uma imensa lista de opções, mas é preciso focar naquelas que combinam mais com o perfil do seu produto e que mais facilmente chegarão ao público alvo. Aqui, entra o plano de marketing, que deve contar com todas as ações que serão feitas para promover um produto.

➜ Veja também como usar o Marketing em sua loja virtual

Mix de marketing para lojas virtuais

Engana-se quem pensa que o mix de marketing de um e-commerce é simplificado. Erroneamente, muitas pessoas entram no mercado virtual achando que tudo é mais simples e fácil. Embora existam algumas vantagens, como não ter que investir em um espaço físico, o que nem sempre serve a todos os empreendedores virtuais, o trabalho e dedicação são os mesmos de empresários de lojas físicas.

Ao lançar uma marca ou um novo produto pela web é preciso dominar os 4 Os. Ou seja, saber porque o seu produto é importante/relevante/necessário, qual o preço que será vendido, onde e como será vendido (mesmo na internet existem diferentes opções) e como será promovido (as opções são muitas também, mas é preciso priorizar as mais relevantes).

A questão é que com a informatização das empresas, quem possui uma loja virtual já está mais familiarizado com isso, porém, o seu empenho deve ser o mesmo, inclusive, no começo.

Diferente de uma loja física, ninguém vai passar por ela, ver a sua vitrine e entrar. No mundo virtual, é preciso promover ações que façam os internautas entrarem no seu site.

Essas ações não deixam de ser um tipo de vitrine, mas o ser visto é o principal desafio, sendo que ele é facilmente superado quando se usam as ferramentas certas para promover o seu negócio. Ter domínio sobre o mix de marketing é uma das mais importantes.

LEAVE A REPLY