O que é melhor para vender minhas costuras site ou loja física?

O que é melhor para vender minhas costuras site ou loja física?

0
SHARE
O que é melhor para vender minhas costuras site ou loja física
O que é melhor para vender minhas costuras site ou loja física

Em loja física e em loja virtual você pode aumentar suas vendas como ambos os negócios que sem nenhum problema será fácil e simples administra-los, vamos ver nesta pesquisa o que o Sebrae pode ajudar nesse segmento que é muito bem aceito no e- commerce e também em lojas físicas.

O que o Sebrae orienta:

Faça o planejamento sempre em primeiro lugar.

Ateliê de costura é um negócio direcionado para a personalização do vestuário, através da confecção de roupas sob medida para festas, para noivas, para caracterização de atores no teatro, roupas de uso diário e etc. O ateliê de costura é uma evolução mais charmosa da costureira de bairro.

BAIXE NOSSO MATERIAL:


>Como montar uma loja virtual
>Como fotografar e editar fotos em sua loja virtual
>Como atrair visitantes gratuitamente para sua loja virtual
>Como vender pelo Facebook e Instagram

Oferecendo serviços e produtos personalizados, consiste em produzir roupas que reforcem características da personalidade do cliente. A roupa feminina sempre esteve relacionada à sedução, à autoestima e à satisfação em apresentar-se em alto estilo. Para o negócio de ateliê de costura deve-se considerar a importância do vestuário no processo da construção da identidade de cada ser humano.

A moda feminina é a mais escolhida entre os segmentos do mercado, pela sua grande procura, mas outros segmentos podem ser explorados, como a moda masculina, a moda tem ou infanto-juvenil, e a moda infantil.

Os ateliês de costura estão se expandindo por vários fatores, dentre os quais pode-se destacar: a volta dos tecidos com padrão internacional ofertado pela indústria brasileira proporcionando melhora na qualidade e a redução na concorrência das roupas importadas em razão da alta do dólar, que a partir da crise mundial assolou os mercados produtores, promovendo queda nos preços das roupas nacionais.

O mercado de atuação e a costura

O mercado brasileiro da moda está vivenciando um ciclo de grande

expansão. Atualmente emprega aproximadamente 1,4 milhão de trabalhadores, sendo que 90% é composto por mulheres, e fatura aproximadamente US$ 21 bilhões por ano. Há hoje um destaque no mundo da moda, que reconhece a qualidade do mercado brasileiro, por seu dinamismo e criatividade.

LEIA TAMBÉM:

>PLANO DE NEGÓCIOS
>CONHEÇA OS PRODUTOS MAIS VENDIDOS NA INTERNET
>SAIBA MAIS SOBRE E-COMMERCE

>COMO CRIAR UMA NEWSLETTER
>SAIBA MAIS SOBRE E-BUSINESS
>COMO COMPRAR PRODUTOS BARATOS PARA REVENDER
>APRENDA COMO MONTAR UM PLANO DE NEGÓCIOS

Os investimentos realizados no setor têxtil, na década de 90, com a importação de teares tecnologicamente mais avançados, proporcionaram um acréscimo na qualidade dos tecidos, impondo um padrão internacional, o que permitiu a expansão do mercado de ateliês de costura.

É um mercado muito disputado, que tem como competidores as boutiques, vendendo roupas caras e de grifes, e as grandes redes de supermercados e hipermercados, oferecendo produtos a preços mais baixos. A diferenciação é fator essencial no sucesso do empreendimento, pela oferta de modelos exclusivos e modelagem específica. O cenário para as empresas de ateliê de costura está se apresentando atualmente de forma bastante animadora, especialmente pela procura por roupas glamorosas e personalizadas.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe planilha de análise de concorrência
>Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios
>Baixe e-book de como capturar e-mail

Onde montar sua loja física:

A localização de um ateliê de costura é fator muito importante para o negócio e deve estar alinhada com a estratégia do negócio, de acordo com o perfil da clientela. Uma boa localização é aquela que favorece o acesso das pessoas, com o menor grau possível de dificuldade.

Um Ateliê de costura deverá estar instalado próximo ao local de residência do público-alvo, ou em locais de grande frequência de público como em Shopping ou outros locais de grande fluxo de pessoas, que favoreça o estacionamento de veículos e possua boas condições ambientais para uma permanência agradável da clientela.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como recuperar 30% pedidos pagos por boleto
>Saiba por que usar e-mail marketing na sua loja
>Faça parte da Lista Vip DLoja Virtual

Bairros populosos e proximidades de condomínios são locais bastante adequados para a instalação de um ateliê de costura. Especialistas afirmam que esta decisão se dá em duas esferas principais: identificação do território (região) e localização (endereço), considerando-se ainda algumas variáveis como: a demanda (potencial), a oferta (concorrência) e os custos (aluguel, reforma etc.).

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), a definição da melhor localização “ponto” é um pouco mais complexa do que aparenta, pois envolve variáveis antagônicas, como fluxo de pessoas e custos. O melhor ponto não é necessariamente aquele que proporcionará o maior faturamento, e sim aquele que trará o melhor resultado.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
>Aprenda como usar o CANVA
>Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

Para tanto, deve-se conhecer profundamente as particularidades do negócio em questão. Os aspectos descritos a seguir devem ser cuidadosamente avaliados num processo de seleção do local de instalação de um ateliê de costura.

Fatores de demanda: A característica populacional em torno do estabelecimento é o principal fator a ser contemplado num estudo de localização. Não se deve restringir o estudo à quantidade de pessoas residentes ou que transitam pela região.

É necessário, além de identificar o perfil socioeconômico dessa população (faixa etária, renda, nível educacional), identificar os hábitos de consumo dos frequentadores da região. Fatores de oferta: Adicionado ao conhecimento do potencial da região verificado na etapa anterior, é preciso mensurar a influência da concorrência na região.

Se for bem atendida, quem são os concorrentes, como eles atuam e que espaço de mercado está disponível.

Onde montar sua loja Virtual:

Na internet, você tem muitos canais de venda que podem servir para lhe ajudar em sua loja virtual, vamos a eles:

 Facebook: Crie uma página simples com fotos dos seus trabalhos, compartilhe com seu próprio perfil e seus amigos e familiares vão ver sua página e assim compartilhar com outros.

Instagram: Mesmo procedimento você pode ter várias contas e administra-las pela sua conta principal.

Twitter: Mesmo tendo limites de caracteres é uma rede social bem dinâmica e tem a opção de fotos, ela pode ser conectada as outras duas contas Facebook e Instagram.

 Blog: É algo mais especifico e pessoal pode-se conectar todas as redes sociais e fazer com que seu produto ou serviço tenha canais bem ampliados e todos conectados.

 Google +: Essa rede social é meio Facebook, Instagram, twitter tudo junto e misturado e tem a benção de um dos deuses da internet o Google.

 Mercado Livre: Simples faça um cadastro e além de vender você poderá comprar, terá acesso ao Mercado Pago que é uma forma muito boa de receber e pagar por seus produtos.

 Elo7: Site especializado em trabalhos manuais e artesanato, variedades de produtos e acessórios que podem ajudar em sua loja de costura.

 Youtube: Canal de vídeo onde você pode colocar dicas, oferecer aulas de corte e costura, filmar desfiles com sua coleção. Aprender com cursos sobre Corte e Costura.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como atrair cliente com e-mail marketing
>7 dicas para começar a usar o Youtube
>Saiba se seu site está otimizado

Para saber mais:

Legislação o ponto bem arrematado para seu negócio.

Não podemos deixar de em uma consulta ao Sebrae sobre qualquer segmento passar a informação sobre o que é necessário em termo de documentação para seu negócio de costura.

É necessário contratar um contador profissional para legalizar a empresa nos seguintes órgãos: – Junta Comercial;

– Secretaria da Receita Federal (CNPJ);

– Secretaria Estadual de Fazenda;

– Prefeitura Municipal, para obter o alvará de funcionamento;

– Enquadramento na Entidade Sindical Patronal em que a empresa se enquadra (é obrigatório o recolhimento da Contribuição Sindical Patronal por ocasião da constituição da empresa e até o dia 31 de janeiro de cada ano);

– Caixa Econômica Federal, para cadastramento no sistema “Conectividade Social – INSS/FGTS”; –

Corpo de Bombeiros Militar. O SEBRAE local poderá ser consultado para orientação.

Pesquise, planeje e realize seu sonho empreendedor.

LEIA TAMBÉM:

>COMO FAZER UM PLANO DE AÇÃO PARA SEU NEGÓCIO
>PLANO DE PROJETO DE LOJA VIRTUAL
>SAIBA UM POUCO MAIS SOBRE ADWORDS

>O QUE AS PESSOAS MAIS COMPRAM NA INTERNET
>COMO ANUNCIAR PRODUTOS NA OLX 
>O QUE É E-PROCUREMENT

LEAVE A REPLY