O que é logistica reversa

O que é logistica reversa

0
SHARE
O que é logistica reversa
O que é logistica reversa

Você já deve ter ouvido falar de logística reversa. Se ainda não ouviu, basta saber que é o processo industrial em que se desmonta um produto e se faz seu processo até compreendê-lo e podê-lo construir em outro lugar.

Mas você sabia que o processo de entregas, geralmente feito pelo Correios, também possui um sistema de logística reversa? Se ainda não sabia disto, tenha conhecimento de que a logística reversa consiste em um serviço de remessa de mercadorias e de documentos em devolução, que não possuem ônus ao remetente, mas que são entregues de forma exclusiva no endereço que é indicado pelo cliente, podendo chegar a uma localidade distinta daquela do endereço da sua sede.

Simplo 7 - Loja Virtual

Para ficar claro, o processo de logística reversa, ou seja, desse serviço de remessa de documentos e de mercadorias em devolução, não possui nem um tipo de ônus ao remetente. Para poder solicitar esse tipo de serviço, o cliente, se utilizar o Correios, pode fazer por meio de um serviço exclusivo, bastando para tanto ter ao alcance seus dados de login e senha.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como montar uma loja 
>Como fotografar e editar fotos em sua loja 
>Como atrair visitantes gratuitamente para sua loja 
>Como vender pelo Facebook e Instagram

Assim, no ato da solicitação, é preciso que se escolha o tipo de modalidade em que a mercadoria ou o documento será postado.

Estão disponíveis entre os tipos de serviços habilitados o PAC, Sedex e o e-Sedex, todos possuindo as localidades de destino e de origem podendo ser habilitadas.

Com isso, o cliente pode vir também a autorizar ou não a utilização de embalagens para o envio do produto ao remetente. Neste tipo de ambiente restrito, o cliente pode vir a seguir as informações que forem detalhadas das postagens e das coletas, através de relatórios customizados.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Assista o Webinar para montar loja virtual
>Veja 8  dicas para montar uma loja virtual
>Baixe E-book Gestão de e-commerce para PME
>Assista a Palestra: E-commerce Do Zero Aos Resultados Em 6 Etapas

Isso irá permitir a coleta do objeto em domicílio ou a postagem de qualquer agência através de uma autorização de postagem (chamada de e-ticket), que estará disponível em quatro tipo de modalidades diferentes.Confira:

Logística reversa simultânea domiciliar

Esse tipo de serviço faz com que seja realizada uma coleta no endereço que tiver sido indicado pelo cliente, sendo que a entrega será feita de forma simultânea a dos documentos que precisarem ser substituídos ou da mercadoria, indo para o retorno do endereço que também tiver sido indicado por ele.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe planilha de análise de concorrência
>Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios
>Baixe e-book de como capturar e-mail

Logística reversa domiciliar:

É um tipo de coleta que é realizada no endereço de forma indicada pelo cliente, sendo que se admite duas tentativas de coleta em dias úteis seguidos. Isso, por sua vez, irá permitir o agendamento da coleta para que seja feita a realização em até trinta dias depois que o pedido tiver sido solicitado, sempre seguindo a critério do cliente.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como recuperar 30% pedidos pagos por boleto
>Saiba por que usar e-mail marketing na sua loja
>Faça parte da Lista Vip DLoja Virtual

Logística reversa simultânea em agência:

neste tipo de processo de logística reversa, é necessário ir até uma agência própria dos Correios e lá será necessário fazer o processo de postagem do produto que será devolvido imediatamente para o comércio no mesmo momento em que será retirado o produto substituto, também nessa mesma agência.

Logística reversa em agência:

esse tipo de modalidade, que também é conhecido como e-ticket, consiste na postagem de produto em agências próprias do Correios (AC) e em agências que também são franqueadas (AGF) por todo o país.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
>Aprenda como usar o CANVA
>Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

Para tanto, é necessário que haja um Código de Autorização de Postagem, o que ocorre por realização do remetente do objeto. Nesses casos, quando tiver ocorrido a autorização para o fornecimento de uma embalagem, a postagem irá ficar restrita às próprias unidades.

Desse modo, o cliente irá emitir esse tipo de autorização, que irá determinar os dados que são necessários para o endereçamento tanto do remetente quanto do destinatário e ele irá autorizar o remetente a enviar-lhe o documento ou o objeto, fazendo com que sejam informados por meio do Código de Autorização de Postagem.

Quatro dicas para evitar falhas no processo de logística reversa

Para facilitar o seu caminho, separamos quatro dicas de logística reversa que podem auxiliar no seu empreendimento. Confira:

1 – Mantenha um bom sistema de comunicação com o cliente:

para que o consumidor esteja seguro, você deve fornecer e divulgar adequadamente um canal de relacionamento específico para casos que sejam necessários o processo de logística reverso.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como atrair cliente com e-mail 
>7 dicas para começar a usar o Youtube
>Saiba se seu site está otimizado

Juntamente com isso, outra coisa importante é deixar claro para o cliente como funciona a política de devolução e de trocas de forma bem definida e que seja exposta no site.

2 – Não se esqueça de tomar todas as providências legais:

o primeiro passo que deve ser tomado após você receber um pedido de devolução de um produto é conseguir emitir uma nota fiscal do cliente para o seu comércio eletrônico. Esse tipo de documento será essencial porque será dele, muitas vezes, que você terá um comprovante oficial do produto que tinha vendido, já que muitas vezes o cliente joga fora a nota fiscal original. Isso é uma forma útil para recuperar os dados e a recuperação do ICMS (podendo que o produto voclte estoque).

3 – Defina rapidamente como será o processo de coleta:

logo após a solicitação de uma troca de mercadoria e da necessidade da logística reversa, entre em contato com a sua transportadora para decidir qual será o melhor tipo de processo a ser realizado para que o produto venha a ser devolvido.

Entre as principais opções, está a coleta no próprio local do comprador, com hora marcado e a retirada do produto feito em pontos autorizados. Nesse último ponto, caberá ao comprador levar a mercadoria até a empresa de frete, que dali enviará o produto para o local que fica localizado o seu empreendimento.

Outra possibilidade que deve ser levada em conta, é a chance de realizar um processo simultâneo, que funciona no caso de trocas. Desse modo, é possível enviar o produto indesejado eplo cliente ao mesmo tempo em que se entrega a mercadoria desejada.

4 – Seja ágil:

você não tem como escapar desse tipo de devolução e se demorar muito, o processo de logística reversa pode causar um arranhão na imagem do seu comércio eletrônico. Então, não deixe o cliente insatisfeito com a demora na troca e na reposição da peça adquirida e tente entregar o novo produto no menor tempo possível.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe a planilha de planejamento de ações de marketing
>Baixe e-book para datas comemorativas

LEAVE A REPLY