Conceito de marketing digital: Guia para você não se perder

Conceito de marketing digital: Guia para você não se perder

0
SHARE
Marketing direto: como utilizar em seu e-commerce
Marketing direto: como utilizar em seu e-commerce

Leia nesse artigo dicas e informações sobre conceito de marketing digital nesse Guia para você não se perder

O marketing digital está muito presente nas nossas vidas, de uma forma que parece que ele sempre existiu, mesmo tendo sido criado a menos de 20 anos. Mas você sabe o que é mesmo marketing digital? De forma simples, podemos definir o marketing digital como a reunião de estratégias de marketing, que possuem o intuito de encontrar e satisfazer as necessidades dos consumidores, embora isso não ocorra necessariamente de forma online. Esta vertente do marketing não é exclusiva dos negócios online ou de sites e blogs, mas costuma ser muito usado para que seja promovido os negócios físicos.

Simplo 7 - Loja Virtual

Desse modo, o marketing digital acaba envolvendo alguns tipos de atividades, como:

1 – Criar um relacionamento com a sua audiência por meio do e-mail marketing;

2 – Construir e realizar a manutenção do seu site ou blog;

3 – Produzir vídeos e outros tipos de materiais visuais;

4 – Conseguir melhorar o lado social do seu site por meio da gestão das mídias sociais;

5 – Conseguir gerar valor por meio do marketing de conteúdo;

6 – Conseguir aumentar o seu alcance utilizando técnicas como Search Engine Optimization (SEO);

7 – Sendo assim, o maior diferencial do marketing digital acaba sendo o fato de que a sua empresa não irá ter que ir atrás dos consumidores. O que irá ocorrer é o inverso.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como montar uma loja virtual
>Como fotografar e editar fotos em sua loja virtual
>Como atrair visitantes gratuitamente para sua loja virtual
>Como vender pelo Facebook e Instagram

Com isso, é necessário que você dê motivos para que as pessoas vão até você.Isso ocorre com você entregando um produto de qualidade para eles.Saiba porque as empresas apostam cada vez mais em marketing digital

Ninguém tem mais dúvidas de que o marketing digital é o futuro e o presente do marketing e da transformação digtal. O marketing digital funciona muito bem em processos de compra devido ao fato de que os consumidores realmente conseguem acessar a informação que desejam a qualquer momento. Desse modo, fica mais simples chegar ao público alvo, porque independentemente do nicho que ele pertence, ele estará online.

LEIA TAMBÉM:

>E-MAIL MARKETING
>PORCENTAGEM DE VENDAS NO MERCADO LIVRE
>COMO COMPRAR NO E-BAY E PAGAR COM BOLETO

>COMO GANHAR SEGUIDORES NO INSTAGRAM
>COMO SER TORNAR UM EMPREENDEDOR INDIVIDUAL
>FAÇA UM CURSO DE E-COMMERCE

E logicamente, além dele, estará seus parentes, colegas de trabalho e amigos. E são essas pessoas que deixam suas impressões sobre os produtos que adquirem e se os clientes estão satisfeitos ou não.

Caso o trabalho de divulgação venha a ser bem feito, até formadores de opinião irão ter algo positivo para falar da sua marca. Consumidores desejam marcas confiáveis, que dê a chance deles se comunicar de forma mais adequada com a sua audiência e que consigam entender os seus problemas, oferecendo soluções personalizadas. Eles só conseguirão fazer isso se conhecerem e se conectarem de alguma forma com a sua marca.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe planilha de análise de concorrência
>Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios
>Baixe e-book de como capturar e-mail

Além disso tudo, o marketing digital oferece uma possibilidade melhor para que você consiga obter suas métricas, ainda mais quando comparadas com as campanhas tradicionais de marketing. Por ali, é possível que você venha a monitorar com muita precisão quantas pessoas estão acessando o seu site, quantas assinam sua lista de e-mails e quanto do investimento em Facebook Ads, por exemplo, está dando um retorno adequado nas suas vendas.

Os 4 Ps do marketing e o seu reforço

A base para qualquer tipo de estratégia de marketing digital é levar em consideração os 4Ps de Kotler. Se você não sabe, são eles:

– Produto: é aquilo que você irá vender ao seu cliente;
– Preço: são as suas estratégias de precificação, é apresentar produtos que tenham como diferencial a possibilidade de ser mais caros;
– Praça: é sabe onde e como esses produtos podem vir a ser vendidos e distribuídos;
– Propaganda: é o modo como o público alvo irá tomar conhecimento do seu produto;

LEIA TAMBÉM:

>PLANO DE NEGÓCIOS
>CONHEÇA OS PRODUTOS MAIS VENDIDOS NA INTERNET
>SAIBA MAIS SOBRE E-COMMERCE

>COMO CRIAR UMA NEWSLETTER
>SAIBA MAIS SOBRE E-BUSINESS
>COMO COMPRAR PRODUTOS BARATOS PARA REVENDER
>APRENDA COMO MONTAR UM PLANO DE NEGÓCIOS

Essa estratégia costuma ser defendida de dentro para fora de cada empreendimento, sem levar necessariamente em consideração a opinião dos clientes

E é justamente essa parte que está se alterando com a adição de um item que não pertencia aos 4Ps de Kotler, que é a co-criação. Assim, clientes que são verdadeiramente apaixonadas pela sua marca, podem contribuir com ideias de novos produtos, de novas propagandas, chegando até mesmo a definir os preços de cada produto.

Assim, o marketing tradicional, aquele que é conhecido por empurrar os produtos e os serviços para o cliente, está cada vez mais perdendo espaço para o novo marketing, em que você irá ter que produzir algo relevante e que irá instigar o cliente para este vir até você.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como recuperar 30% pedidos pagos por boleto
>Saiba por que usar e-mail marketing na sua loja
>Faça parte da Lista Vip DLoja Virtual

Outbound marketing contra inbound marketing: quando o velho dá lugar ao novo Clientes não querem mais ter interrupções nos seus momentos de descanso e de lazer, quando assistem TV ou quando leem seu jornal favorito ou navegam pela internet.

E veja, o velho modelo de marketing, conhecido como Outbound Marketing, se apoia em três tipos de pilares:

Informar;
Persuadir;
Relembrar;

Cada um desses pilares irá traduzir ações como o uso de outdoords, sites, publicidade em vídeo, email com classificação de spam, propagandas pagas em rádio, TV e nos meios impressos, em mala direta e em telemarketing. A comunicação acaba sendo feita apenas de um lado, sem que haja a permissão do outro e isso só existe enquanto for investido muito dinheiro. E bem, ninguém mais tem paciência de ouvir tantos argumentos de venda, de algo que muitas vezes nem é do seu interesse.

O consumidor moderno é cada vez mais exigente sobre o que deseja e o marketing digital ajuda nesse processo. Mais do que ser persuadido, o cliente deseja ser encantado. Por isso, os três novos pilares do marketing são diferentes e costumam se complementar. São eles:

Demonstrar;
Envolver;
Empoderar;

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
>Aprenda como usar o CANVA
>Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

Como se vê o Inbound Marketing possui como objetivo conquistar consumidores. Veja alguns números que são muito interessantes:

– O Outbound Marketing fica com apenas 10% dos cliques na internet;
– Por sua vez, o Inbound Marketing é responsável pelos outros 90% dos cliques;
– O Inbound Marketing é 62% mais barato do que o preço pago pelo Outbound Marketing;
– Empreendimentos que usam blogs tem um rendimento até 97% maior para links que apontam para os seus sites.
– O retorno sobre investimento (ROI) é de 275% sobre o valor produzido por meio de estratégias de Inbound Marketing.

LEIA TAMBÉM:

>COMO FAZER UM PLANO DE AÇÃO PARA SEU NEGÓCIO
>PLANO DE PROJETO DE LOJA VIRTUAL
>SAIBA UM POUCO MAIS SOBRE ADWORDS

>O QUE AS PESSOAS MAIS COMPRAM NA INTERNET
>COMO ANUNCIAR PRODUTOS NA OLX 
>O QUE É E-PROCUREMENT
BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como atrair cliente com e-mail marketing
>7 dicas para começar a usar o Youtube
>Saiba se seu site está otimizado

LEAVE A REPLY