Como ser um empreendedor individual

Como ser um empreendedor individual

0
SHARE
Como abrir uma empresa individual MEI (Passo a Passo)
Como abrir uma empresa individual MEI (Passo a Passo)

Não fique na informalidade: saiba como ser um empreendedor individual

Trabalhar por conta própria é o sonho de muitas pessoas, no entanto a falta de informação de como fazer para empreender individualmente é um mar de dúvidas para a maioria. Descubra agora como realizar o seu sonho com segurança e garantia de sucesso.

Para ser um empreendedor individual o primeiro passo é sair da informalidade. Para isso é preciso procurar os serviços de legalização do negócio, para que todos os seus direitos sejam assegurados. Quem fatura até R$ 60 mil reais por ano e tem, no máximo, um empregado pode se cadastrar no Simples Nacional, um regime tributário simplificado oferecido aos empreendedores individuais com taxas mais acessíveis.

Assista Webnário para montar loja virtual
Veja 8  dicas para montar um loja virtual
Baixe E-book Gestão de e-commerce para PME
Assista a Palestra: Ecommerce Do Zero Aos Resultados Em 6 Etapas

Assim, os tributos federais são isentados e o contribuinte pagará um valor fixo mensal à previdência social, com base no salário mínimo, um valor simbólico de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços), que vai para o Estado e uma pequena quantia ISS (Imposto sobre Serviço) para o município.

O empreendedor individual legalizado não corre mais o risco de perda de mercadorias, passa a ter um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas), o que facilita a aquisição de linhas de crédito e permite a emissão de notas fiscais. Garantindo também direitos como licença maternidade, aposentadoria e auxílio doença.

Baixe planilha de análise de concorrência
Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios
Baixe e-book de como capturar e-mail

Para se cadastrar como empreendedor individual, você deve acessar o Portal do Empreendedor do Governo Federal. O processo é gratuito e simples. Em torno de 500 ocupações já são aceitas para a inclusão, para saber quais, basta acessar o portal do empreendedor.

Na página, você precisará informar o número do título eleitoral e da última declaração de Imposto de Renda Pessoa Física para gerar um formulário, que deverá ser preenchido e dará acesso aos documentos essenciais para ser um empreendedor individual. São eles: carnê de pagamento mensal, certificado de microempreendedor, e os relatórios mensais de receitas brutas, que devem ser feitos mês a mês.

Como recuperar 30% pedidos pagos por boleto
Saiba por que usar e-mail marketing na sua loja
Faça parte da Lista Vip DLoja Virtual

A qualquer momento os dados da sua empresa como endereço, nome fantasia ou atividade podem ser modificados. Para isso, é só acessar o site e do empreendedor e fazer as alterações. Todas as informações serão automaticamente atualizadas.

7 dicas para começar a usar o Youtube
Saiba se seu site está otimizado
Baixe a planilha de planejamento de ações de marketing
Baixe e-book para datas comemorativa

Quando o faturamento do negócio atingir mais de 60 mil reais mensais, as taxas serão proporcionais ao excedente, até o valor máximo de faturamento de 72 mil reais. Com isso, a empresa passa a ser classificada como ME (Micro Empresa).

Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
Aprenda como usar o CANVAS
Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

É claro que a torcida é para o sucesso do empreendimento, porém, caso você queira ou precise fechar a empresa, é fácil. Tudo pode ser feito pela internet, gratuitamente. Basta dar baixa e preencher a Declaração Anual do MEI (Micro Empreendedor Individual), disponível na página do Simples Nacional.

LEAVE A REPLY