Como desenvolver uma estratégia de marketing de conteúdo para o seu e-commerce

Como desenvolver uma estratégia de marketing de conteúdo para o seu e-commerce

342
0
SHARE
Máquina de fazer chinelos - D Loja Virtual
Máquina de fazer chinelos pode render bons lucros

O marketing de conteúdo é muito mais do que criar, distribuir e compartilhar conteúdos para engajar audiências, gerar leads, melhorar a marca e outros objetivos de marketing que podem ser alcançados com o marketing de conteúdo.

É preciso uma abordagem estratégica e é disso que se trata uma estratégia de marketing de conteúdo. O marketing de conteúdo se encaixa numa estratégia de marketing integrada mais ampla e requer uma estratégia própria. No entanto, assim como todas as outras estratégias relativas a técnicas de marketing específicas (marketing por e-mail ou marketing de redes sociais, por exemplo), essa estratégia precisa ser integrada a uma estratégia mais ampla.

De acordo com um relatório do Content Marketing Institute, em 2017, 83% dos profissionais da América do Norte consideram que uma estratégia de conteúdo é muito eficaz no aumento da receita. Este é um aumento significativo em relação aos 74% do relatório do ano anterior. No entanto, mesmo que mais profissionais de marketing entendam a necessidade de ter uma estratégia documentada, apenas 31% insignificantes documentaram a sua.

Para aumentar o tráfego, um crescer a geração de leads, ter clientes mais leais e aumentar a receita em 2018, é necessário um exame mais atento da sua estratégia de conteúdo. Separe um pouco do seu tempo para analisar o que funcionou e identificar oportunidades escondidas nas tendências.

Uma estratégia de marketing de conteúdo (que não deve ser confundida com uma estratégia de conteúdo) analisa as diferentes formas em que o marketing de conteúdo pode ser usado durante a jornada do comprador, o ciclo de vida do cliente e os diferentes pontos de contato do cliente (experiência), mas vai além disso. Essencialmente, uma estratégia de marketing de conteúdo é como o marketing de conteúdo pode ser usado de forma estratégica como tal e para e com outras estratégias de marketing, cliente e vendas.

Por exemplo, a Cisco estima que o conteúdo visual representará 82% de todo o tráfego da internet até 2021. Atualmente, 74% do uso da Internet está sendo coberto por vídeos, e as transmissões ao vivo estão em franca ascenção. Usando esta informação, você pode planejar ter mais vídeos, ao vivo e gravados, em sua estratégia de marketing de conteúdo.

7 passos para criar uma estratégia de marketing de conteúdo

1) Defina seu objetivo

Qual o seu objetivo ao desenvolver um plano de marketing de conteúdo? Por que você quer produzir conteúdo e criar um plano de marketing de conteúdo? Conheça seus objetivos antes de começar a planejar, e você terá um tempo mais fácil determinando o que é melhor para sua estratégia.

2) Defina a buyer persona

Para desenvolver um plano bem sucedido, você precisa definir claramente o público-alvo do seu conteúdo – também conhecido como personagem do comprador ou buyer persona.

Isto é especialmente importante para quem está começando. Ao conhecer o seu público-alvo, você pode produzir conteúdo mais relevante e valioso e que fará com que seu clientes desejem.

Se você é um profissional de marketing experiente, seu alvo pode ter mudado. Você deseja segmentar um novo grupo de pessoas ou expandir seu mercado-alvo atual? Deseja manter o mesmo público-alvo? Revise seus parâmetros de audiência ao realizar pesquisas de mercado a cada ano é crucial para o crescimento de sua audiência.

O conceito de buyer persona não foi inventado para o marketing de conteúdo. Ele é usado para uma estratégia global de marketing. Entretanto, em uma estratégia de marketing de conteúdo, você precisa fazer uma análise mais completa da personalidade da sua audiência.

3) Execute uma auditoria de conteúdo

A maioria das pessoas começa com postagens de blog, mas se quiser se aventurar e tentar produzir outras peças de conteúdo, considere quais você deseja fazer. Por exemplo, se você fez posts semanais no ano passado, criar um ebook que exibe todas as postagens do seu blog em um guia final seria uma maneira única de oferecer informações em um formato diferente.

Reveja seus esforços de marketing de conteúdo e os resultados no último ano. Descubra o que você pode fazer de forma diferente no próximo ano e defina novas metas para alcançar.

4) Determine quais tipos de conteúdo você quer criar

Há uma variedade de opções disponíveis para o conteúdo que você pode criar. Aqui estão alguns dos formatos de conteúdo mais populares que os profissionais de marketing estão criando:

Posts de blog: Os post devem ser publicados regularmente e devem fornecer conteúdo valioso para o seu público para que eles tenham vontade de compartilhar nas redes sociais e em outros sites.

Ebooks: Ebooks são ferramentas de geração de leads que os clientes potenciais podem baixar depois de preencherem um formulário com suas informações de contato. Eles são geralmente mais longos, mais detalhados e publicados menos frequentemente do que as postagens de blog, que são escritas para atrair visitantes para um site. Ebooks são o próximo passo no processo de marketing de entrada: depois de ler uma postagem no blog, os visitantes podem querer mais conteúdo de um Ebook e enviar suas informações de contato para obter mais informações. Por sua vez, o negócio que produziu o ebook tem uma novo lead para a equipe de vendas entrar em contato.

Infográficos: Infográficos podem organizar e visualizar dados de forma mais atraente do que o texto sozinho. É um excelente formato de conteúdo a ser usado quando precisar compartilhar muitos dados de uma forma clara e fácil de entender.

Vídeos: Vídeos são um meio de conteúdo altamente envolvente e que é compartilhável entre plataformas e sites de redes sociais. Os vídeos exigem um maior investimento de tempo e recursos do que o conteúdo escrito, mas, como os vídeos são o meio que mais cresce em popularidade, valer a pena experimentar.

Podcasts: Iniciar um podcast ajudará a fazer com que mais pessoas, especialmente as que não tiverem tempo ou interesse em ler conteúdo todos os dias, a encontrarem a sua marca. O número de ouvintes podcast está crescendo e, se você tiver pessoas interessantes para entrevistar, considere o podcast como outro formato de conteúdo para experimentar.

Conteúdo externo: uma vez que você publicou regularmente conteúdo em seu próprio site por um tempo, talvez seja hora de começar a pensar em distribuir seu conteúdo em outros sites. Considere, por exemplo, o LinkedIn Pulse e o Medium.

5) Publique e gerencie seu conteúdo

Seu plano de marketing deve ir além dos tipos de conteúdo que você criará. Ele também deve abranger como você irá organizar o seu conteúdo. Com a ajuda de um calendário editorial, você estará no caminho certo para publicar seu conteúdo de uma forma bem equilibrada e diversificada em seu site. Crie um calendário de conteúdo de redes sociais para que você possa promover e gerenciar seu conteúdo em outros sites.

Conclusão

Marketing de conteúdo é sobre oferecer o conteúdo aos seus clientes potenciais em função de suas necessidades, desejos, preferências de leitura etc.

Sabemos que isso é uma grande quantidade de informações, mas o trabalho acaba de começar. É preciso tempo, organização e criatividade para desenvolver uma estratégia bem sucedida de marketing de conteúdo que envolva desde a construção da base do seu plano de marketing de conteúdo até a adição de ferramentas para gerenciar melhor seu conteúdo.

LEAVE A REPLY