Como conquistar um investidor anjo

Como conquistar um investidor anjo

0
SHARE
investido anjo

Você tem a ideia, o know-how e sabe que pode alcançar o sucesso com sua empresa. Entretanto, está faltando um pequeno e importantíssimo detalhe: o capital. Muitos empresários encontram a dificuldade de não ter dinheiro suficiente para começar seu negócio ou para expandir algo que já está começando a dar lucro. Todo negócio precisa de investimento para não se estagnar e ficar acomodado onde se encontra. Por reconhecer o potencial da empresa, muitas pessoas acabam exercendo a função de investidor anjo e, finalmente, fazendo com que as coisas comecem acontecer e dando a chance para que os lucros sejam cada vez mais altos. Continue lendo e entenda os benefícios e como conquistar um para investir em sua empresa.

O que é?

Trata-se de uma pessoa de fora da empresa, que tenha bastante experiência de mercado e deseja investir em uma nova possibilidade de lucro. O investimento precisa ter alto potencial de crescimento, como uma startup por exemplo, e apresentar abertura para que um estranho possa entrar com capital. Essa pessoa, normalmente é um profissional liberal ou executivo com anos de experiência que, ao fazer a parceria com a empresa, agrega valor a sua imagem, além de oferecer subsídio para acelerar o crescimento por meio de recursos financeiros.

Esse investidor anjo oferece o que é conhecido como “smart money” e não tem posição executiva na empresa. Ele não tem capacidade de tomada de decisão, mas apoia o empreendedor como um conselheiro, um mentor que já tem anos de mercado e pode traçar o melhor caminho para alcançar o objetivo. É uma espécie de gestão de recursos realizada por terceiros.

Como funciona?

É importante ressaltar que o investidor anjo não está realizando uma atividade social que visa o crescimento da economia, ele não é uma entidade filantrópica. Há um objetivo por trás de sua ação, que é aplicar capital em negócios com potencial de retorno e que terão impacto positivo na economia da sociedade, gerando oportunidade de alto lucro. O termo “anjo” foi adotado para designar uma pessoa que não atua exclusivamente com o capital, mas sim como um orientador que aplica sua experiência e conhecimentos em uma chance de sucesso de uma nova empresa.

Normalmente, é um ex-empresário que já tem uma carreira de sucesso e acumulou grande renda, mas deseja direcionar parte de seus recursos para acumular ainda mais patrimônio. Também é possível ter um grupo de investidores que compartilhem ideias e dedicação à um só projeto, elegendo um como líder, e possibilitando um valor ainda maior.

Três dicas para conseguir um investidor anjo

Então você está convicto de que um investidor anjo é tudo que faltava para sua empresa começar a se expandir, mas não sabe como conseguir alguém que possibilite essa oportunidade de ouro? Listamos três passos para que você conquiste essa oportunidade de crescimento.

1) Tenha um propósito claro: Para que sua empresa conquiste a credibilidade e mostre aos possíveis parceiros que o investimento terá retorno garantido, é necessário criar metas e deixá-las bem claras no momento da negociação. Ficar rico não é um propósito pertinente, afinal, o retorno em lucro é um pré requisito para qualquer negócio. Explore sua área e perceba onde quer chegar, através de análises de mercado e potenciais renovações da empresa. Ter clareza de onde se deseja chegar faz com que o investidor anjo também tenha e, assim, tenha maior interesse em depositar confiança no projeto. Seja objetivo e tente responder apenas uma questão: que problema no mundo sua empresa irá resolver?

➜ 8 dicas FANTÁSTICAS para montar uma loja virtual

2) Seja seletivo, porém humilde: Você não deve aceitar o financiamento de suas ideias por qualquer um. É necessário perceber quem é aquele que atende as necessidades de sua empresa e poderá te orientar da melhor maneira sobre as decisões e o contexto do mercado. O capital é importante, quanto maior o investimento, melhor. Entretanto, o investidor anjo precisa ser um indivíduo que entenda suas demandas e objetivos a serem alcançados. Não adianta nada um ótimo investidor com experiência no mercado da advocacia, quando você está buscando por um especialista em publicidade, por exemplo. Ao mesmo tempo, saiba ser humilde e esteja de portas abertas para pessoas com fortes ideais, mas que não ofereçam um capital tão alto. Uma boa orientação pode valer mais que o dinheiro.

➜ Ebook grátis: Os principais desafios de um ecommerce

3) Insista e se envolva: Um bom investidor anjo é procurado por várias empresas, ele deve receber dezenas de propostas em uma única semana e também é seletivo no que vai trabalhar. É necessário ser gentil e explorar o melhor de seu empreendimento. No caso de um não como resposta, insista. Peça que ele lhe explique o porquê de não ter aceito o sua proposta de projeto e melhore o ponto citado. Tudo vai conspirar para que você desista da ideia, mas não desanime. Além disso, entenda que um investidor não é um simples patrocínio, ele quer participar e se envolver com o projeto e você precisa fazer o mesmo para garantir um bom trabalho.

LEAVE A REPLY