Business Model Canvas

Business Model Canvas

0
SHARE

Todo e qualquer negócio carece de planejamento e organização para ser bem sucedido e alcançar todos os seus objetivos internos e externos, independente se ele ainda é uma ideia ou já inserido no mercado. O universo empresarial tem diversas ferramentas que auxiliam as empresas que pretendem tornar os seus processos mais organizados, entre elas está o Business Model Canvas, que ajuda no gerenciamento estratégico dos negócios em desenvolvimento ou existentes.

Por meio do Business Model Canvas é possível estruturar todos os processos que uma empresa precisa passar para executar um plano. Este modelo de planejamento é composto por nove blocos que são essenciais para construir uma estratégia segura para atingir os objetivos pretendidos. Acompanhe abaixo o que é o Business Model Canvas:

O Que é o Business Model Canvas?

O Business Model Canvas, também conhecido como ‘Quadro de Modelo de Negócios’, se caracteriza como uma ferramenta de gerenciamento estratégico, que tem como objetivo desenvolver e esboçar modelos de negócio a serem desenvolvidos ou que já existem. Basicamente, esta ferramenta funciona como um mapa visual pré-formatado, que é composto por nove blocos, tendo sido criado por Alexander Osterwalder.

bussiness-model-canvas
A tabela é assim

Os blocos do Business Model Canvas possuem itens que ajudam a descrever de forma precisa todas as variáveis que devem ser estudadas no momento em que um negócio está sendo desenvolvido, através deles é possível obter as respostas certas para planejar os passos da empresa em direção as suas metas. Usar esta ferramenta no planejamento da empresa é importante para ela se orientar no início das atividades, no meio e no final para checar se tudo foi feito conforme o planejado, bem como os erros e acertos realizados.

Como Funciona a Estrutura do Business Model Canvas?

Você quer aprimorar os planejamentos da sua empresa e torná-los mais precisos e assertivos? Para tal, você pode estudar e colocar em prática os nove blocos dessa ferramenta de planejamento. Veja como funciona a estrutura do Business Modelo Canvas:

1- Proposta de Valor

O primeiro bloco do Business Model Canvas é a proposta de valor, que trata de o que a empresa vai oferecer para o mercado e se de fato isso vai ter valor para os seus clientes. Esta fase do planejamento consiste principalmente no desenvolvimento dos serviços ou produtos que a empresa pretende disponibilizar para o seu público consumidor.

A proposta de valor sugere que o gestor do negócio estude não só as características físicas do negócio, mas o seu valor social, ou seja, o impacto que irá causar na vida dos seus clientes. Afinal de contas, dependendo do serviço ou produto, é necessário criar uma identificação para atingir o psicológico dos consumidores, fazendo com que eles paguem não somente pelo item material, mas também pelos seus valores adicionais.

2- Segmento de Clientes

O segmento de clientes é o segundo bloco do Business Model Canvas e refere-se ao tipo de cliente que será foco do negócio que está em desenvolvimento ou já existe. Um produto ou serviço só deve ser desenvolvido a partir do momento em que a empresa seleciona e conhece de forma detalhada as características do seu público-alvo.

Em primeiro lugar, a empresa deve fazer um estudo de quem é o seu público consumidor geral e quais os segmentos que têm dentro dele, por exemplo, uma loja de cosméticos pode ter como subdivisões mulheres de classe econômica média e alta, com idade de 18 a 30 anos. A partir daí, o empresário pode desenvolver um produto ou serviço exclusivo para cada tipo de cliente que possuiu.

3- Os Canais de Distribuição

O terceiro bloco do planejamento Business Model Canvas diz respeito aos canais de distribuição pelos quais os clientes terão acesso ao serviço que a empresa está oferecendo. Como se vê, não basta apenas criar um produto baseado nas características dos clientes, pois também é importante pensar no método como ele chegará até eles.

Para os produtos já existentes e para as novas mercadorias que se pretende inserir no mercado, a empresa sempre deve pensar nos canais de distribuição que utilizará que os itens sejam até os clientes. Os canais precisam estar adequados as características dos consumidores. Por exemplo, se o negócio tem um público jovem e ativo na internet, logo sites e aplicativos são canais mais apropriados para vender os seus produtos.

4- Relacionamento Com os Clientes

Em seu quarto bloco, o Business Model Canvas prevê como a empresa irá se relacionar com cada segmento de cliente. Nesse caso, é importante que o negócio crie formas de comunicação que sejam adequadas para todos os tipos de clientes que fazem parte do seu público-alvo, levando em consideração a forma que se comunicam, a classe econômica a que pertencem, em média quanto costumam gastar com a marca, o que pensam da empresa, entre outras coisas.

5- Atividade Chave

Após determinar o tipo de produto que a empresa quer entregar e para qual consumidor, o próximo bloco do Business Model Canvas é a atividade-chave, ou seja, quais são as atividades que terão que ser feitas para alcançar o objetivo estipulado. Esse ponto é essencial para a empresa, que tem que traçar todas as ações e as estratégias necessárias para colocar o seu plano em prática.

6- Recursos Principais

Feita a determinação das atividades que serão necessárias para desenvolver o produto do negócio, o sexto bloco do Business Model Canvas estuda quais são os recursos principais utilizados para que seja viável cumpri-las. Nessa etapa, a empresa deve prever quais são os recursos internos e externos que terá que usar bem como os seus respetivos custos financeiros e humanos.

7- Parcerias Principais

O sétimo bloco do Business Model Canvas fala das possíveis parcerias que a empresa terá que fazer para conseguir entrar o produto planejado. Essa fase consiste no estudo de fornecedores e de empresas terceirizadas que podem contribuir para com o seu projeto, sendo necessário estudar as vantagens e desvantagens em estabelecer parcerias com terceiros.

➜ Planilha de Planejamento de de Ações de Marketing

8- Fontes de Receita

O oitavo bloco do Business Model Canvas trata das fontes de receita da proposta de valor, ou seja, como a empresa irá obter lucro através dos seus produtos ou serviços. O mais comum é que a fonte de receita seja através da venda direta, mas dependendo do tipo de serviço também é possível estabelecer parcerias.

➜ Dia D E-book Para Você se Preparar Para as Datas Comemorativas

9- Estrutura de Custos

O nono e último bloco do Business Model Canvas fala sobre a estrutura de custos, evidenciando quais são os custos que a empresa terá para colocar em prática a sua proposta. Esta etapa é importantíssima para que a empresa possa levantar os recursos financeiros para desenvolver a sua ideia, evitando que ocorram furos no orçamento e isso atrapalhe o desenvolvimento do negócio.

LEAVE A REPLY