B2B é bom negócio para loja virtual

B2B é bom negócio para loja virtual

2374
0
SHARE
B2B é bom negócio para loja virtual
B2B é bom negócio para loja virtual

B2B é bom negócio para loja virtual. Leia nesse artigo como fazer operações entre empresas pode ajudar o seu negócio online a subir

Uma das modalidades de e-commerce que apresenta maior crescimento atualmente é a de empresas que vendem para outras empresas, conhecida no mercado como B2B, e essa estratégia se legitima a partir de algumas vantagens que essa forma de negociar apresenta em relação à outras modalidades.

BAIXE NOSSO MATERIAL

>Como montar uma loja 
>Como fotografar e editar fotos em sua loja 
>Como atrair visitantes gratuitamente para sua loja virtual
>Como vender pelo Facebook e Instagram

O comércio eletrônico segue expandindo suas fronteiras em ritmo acelerado, e ao mesmo tempo que passa por um processo de democratização, já que é possível que mesmo empreendedores com menos experiência iniciem suas atividades, exige alto grau de especialização, pois a proliferação de empresas nesse nicho aumenta a concorrência e afunila o mercado.

Simplo 7- Plataforma de e-commerce

Características que comprovam que o B2B é um bom negócio para loja virtual

Sem dúvida, a principal característica das empresas de comercio eletrônico, e o que as tornam tão atraentes, é o baixo custo de investimento para que se iniciem as atividades, já que se comparadas às lojas físicas, as demandas serão imensamente menores.

Equipe reduzida, pouca demanda de equipamentos e uma diminuição drástica na burocracia são fatores que pesam favoravelmente aos empreendedores que optam pela categoria B2B e fazem com que esse seja realmente um bom negócio para lojas virtuais.

Fornecer o produto ou serviço diretamente para outras empresas facilita alguns processos, pois todo o planejamento estratégico e as ações de divulgação e marketing podem ser direcionadas a um alvo específico, ou seja, as empresas que necessitam desse tipo de mercadoria, o que é diferente de buscar atingir o consumidor final, sem muitas vezes saber ao certo onde ele está.

A quantidade também é um diferencial que atesta o quanto o B2B é um bom negócio para loja virtual, pois negociando diretamente com outras empresas, a tendência é de que raramente os produtos ou serviços sejam adquiridos unitariamente ou em quantidades muito pequenas, o que por si só já é uma grande vantagem em relação a outros formatos, em que se depende de números expressivos de clientes e onde há uma pulverização maior das vendas.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe planilha de análise de concorrência
>Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios
>Baixe e-book de como capturar e-mail

Desafios específicos dessa modalidade de e-commerce

Da mesma maneira que negociar diretamente com outras empresas facilita alguns processos e procedimentos, é preciso que o empreendedor esteja atento a algumas especificidades e diferenças, principalmente em relação ao comércio tradicional ou àquele que se destina ao consumidor final.

A primeira exigência é a da personalização das ofertas de acordo com o perfil de cada cliente, pois cada empresa terá as suas demandas específicas, formas distintas de faturamento e pagamento, condições próprias sobre entregas, fretes e outros itens, o que é bem diferente do consumidor individual.

Essa exigência pode ser atendida com um login específico para cada cliente, onde suas características já estarão armazenadas sem que seja necessário conferir novamente cada um desses itens.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Assista o Webinar para montar loja virtual
>Veja 8  dicas para montar uma loja virtual
>Baixe E-book Gestão de e-commerce para PME
>Assista a Palestra: E-commerce Do Zero Aos Resultados Em 6 Etapas

É preciso também que o empreendedor que enxerga no B2B um bom negócio para loja virtual perceba que a negociação nesse ramo é diferente daquela realizada diretamente com o consumidor final, já que esse é mais impulsivo e menos criterioso do que uma outra empresa, que conhece os meandros do mercado e que busca sempre a melhor relação custo/benefícios.

Portanto, é aconselhável que os gestores conduzam as negociações com mais tranquilidade e tenham em mente que do outro lado está também um gestor, e que o negócio precisa ser bom para ambos os lados.

Um mercado especializado e exigente, mas que apresenta enorme potencial

Já ficou claro que quando se trata do ramo de B2B é preciso investir em qualidade e em personalização, pois cada cliente apresenta um potencial gigantesco de negócios, e uma das principais formas de atrair, ganhar e fidelizar essa clientela é oferecer algo a mais. E esse algo a mais pode ser entendido como Inbound Marketing.

BAIXE NOSSO 

>Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
>Aprenda como usar o CANVAS
>Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

Esse é um dos principais conceitos do e-commerce, o de oferecer algo relevante para os clientes, sem que isso necessariamente gere uma venda imediata, e a forma de fazer isso é disponibilizar conteúdos relacionados ao ramo de atividade da empresa potencialmente interessada em seus produtos e/ou serviços.

Esse conteúdo irá tratar de temas que fazem parte do cotidiano de seus clientes, e pode ser disponibilizado em um blog, em vídeos e tutorias e a ainda nas mídias sociais.

Essa estratégia irá demonstrar o grau de especialização da sua loja virtual e o quanto ela se preocupa com seus clientes, e além disso, deixará clara sua expertise no assunto e no contexto ao qual se relacionam os seus serviços e produtos. Além de tudo isso, esse conteúdo exclusivo e de qualidade ainda irá gerar tráfego, acessos e engajamento dos clientes com a sua loja virtual, que é o primeiro grande passo para a fidelização e para as vendas.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como recuperar 30% pedidos pagos por boleto
>Saiba por que usar e-mail marketing na sua loja
>Faça parte da Lista Vip DLoja Virtual

Layout e visual atraentes e profissionais fazem muita diferença

Como estamos percebendo, o B2B é um bom negócio para lojas virtuais, e para que esse tipo de empreendimento tenha sucesso é preciso levar em conta também a questão visual, já que na outra ponta estarão clientes também empreendedores e que não irão ter interesse em negociar com um e-commerce que mantém um site amador e com um layout inapropriado.

Portanto, é fundamental tratar o seu site como se ele fosse uma loja física, o que na verdade, faz todos sentido, afinal, é nesse ambiente virtual que os seus clientes serão atendidos e é através dele que todos os negócios serão desenvolvidos. Assim sendo, profissionalize esse trabalho e se for necessário contrate alguém com experiência e conhecimento para desenvolver a sua plataforma digital.

Somente dessa forma sua loja virtual terá a aparência adequada, além de todas as funcionalidades necessárias para que seus clientes tenham agilidade, segurança e confiabilidade em todas as transações realizadas através dessa plataforma negocial.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
>Aprenda como usar o CANVA
>Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

Em suma, atendidas essas peculiaridades, o B2B é um bom negócio para loja virtual e uma excelente oportunidade com baixo investimento, que deverá ser compensado com profissionalismo em cada detalhe e na especialização e na personalização dos produtos e/ou serviços oferecidos, potencializando assim as perspectivas e favorecendo a concretização das vendas e das parcerias entre as empresas, base do crescimento sustentável e da manutenção do negócio.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe a planilha de planejamento de ações de marketing
>Baixe e-book para datas comemorativas

LEAVE A REPLY