Para que serve a usabilidade?

Para que serve a usabilidade?

1106
0
SHARE

Tempos atrás usabilidade era um termo comum na Internet.  Empreendedores da web se ocupavam em descobrir se o novo website seria facilmente utilizado pelos usuários e   desenvolvedores e webdesigners eram constantemente questionados se o que estava sendo proposto favorecia ou prejudicava a navegabilidade e consequentemente as vendas. Essa preocupação toda fez com que os sites em geral evoluíssem para novos padrões que facilitaram a penetração da Internet e a expansão do comércio eletrônico. Hoje essa preocupação parece que diminuiu, mas  a usabilidade continua tão importante quanto antes e empresas top continuam a fazer freqüentes modificações em suas lojas para facilitar ainda mais a vida de seus clientes. Se a sua loja virtual está há um bom tempo sem modificações e você está satisfeito apenas pelo fato de ela estar funcionando, vale a pena lembrar algumas razões para continuar preocupando-se com a usabilidade.

A Internet não é freqüentada somente por especialistas em navegação.

Segundo dados da eBit, somente no ano passado, nada menos que 2,2 milhões de brasileiros tornaram-se consumidores da Internet. Ou seja, essa é a quantidade de pessoas que fez uma compra on-line pela primeira vez na vida, quem sabe na sua loja. Naturalmente, a maior parte dos novos compradores são indecisos, tem receio de usar o cartão, não sabem ao certo que rumo tomar para realizar o pedido e assim por diante. A loja deve ser simples e mostrar ao usuário de forma cabal, passo a passo, o que ele deve fazer para realizar com tranqüilidade todo o processo. Caso contrário, corre o risco de ser a culpada por uma péssima primeira experiência de compra.

Você sabe tudo sobre o seu site, mas os usuários ainda não sabem.

Desenvolvedores “estão carecas” de saber as etapas e os procedimentos necessários para a compra em determinado site, mas a maioria dos usuários não. Eles podem contar apenas com preocupação que o desenvolvedor da loja teve em facilitar a sua vida ao criar passagens intuitivas e indicar claramente o caminho a ser seguido por meio de mensagens curtas,  esclarecedoras  e explicitas.

Pequenas falhas de usabilidade quando não corrigidas representam prejuízo expressivo.

Imagine uma passagem não muito clara na loja que ocasione o abandono do carrinho por cerca de 3% dos compradores.  Embora pareça insignificante, esse percentual passa a ser representativo quando quando colocado na devida perspectiva.  Não houve apenas a perda de pedidos, houve a perda de clientes que, caso tivessem ficado satisfeitos, voltariam “n” vezes para outras compras e possivelmente indicariam sua loja à outras pessoas. Agora considere esse percentual em uma loja que realiza milhares de pedidos por mês e permanece com essa pequena falha de usabilidade por vários anos: a perda, iniciamente pequena, cresce de forma exponencial!

Lembre-se que usabilidade é conseqüência da forma como a loja virtual é desenhada, mas vai muito além dos aspectos visuais.  Usabilidade é a facilidade encontrada pelo usuário para navegar na loja e realizar todas as ações que desejar. Quanto mais fácil for esse processo para o usuário  maior é o prazer de comprar e a possibilidade de novo pedido. Não por acaso, a maior loja virtual do planeta, a Amazon.com, já decretava em sua missão: “Através da Internet, transformar a compra de livros na mais rápida, fácil e prazerosa experiência de compra possível”. Se você quer aumentar a taxa de conversão em clientes de sua loja,  não deixe de avaliar criteriosamente a questão da usabilidade.

LEAVE A REPLY