title="eCommerce

Modelos de Negócio na Internet

Modelos de negócio são as diversas formatações que os empreendimentos adquirem ao utilizar a Internet como canal primário ou secundário de comercialização. Como uma lista completa de modelos de negócio poderia se tornar quilométrica, na medida em que qualquer serviço ou produto existente pode ser comercializado via Internet, sistematizamos todas essas alternativas em três grandes grupos: Comerciante, Corretagem e Publicidade com suas respectivas variantes.

Comerciante:

Modelos de negócios que envolvem a comercialização de serviços ou produtos tangíveis/digitais para pessoas físicas (e-tailers) ou jurídicas. Pode ser um negócio totalmente baseado na Internet ou com reforço de uma loja tradicional.

Variantes

Descrição

Exemplo

Comércio  Misto

 Modelo de Negócio tradicional baseado em instalações físicas e que utiliza a rede como mais um canal de comercialização para os seus produtos.

www.livrariasaraiva.com.br   

Comércio  virtual

Comercialização de produtos/serviços exclusivamente pela Internet

www.submarino.com.br

Comércio virtual puro

Comercialização de produtos digitais ou serviços cuja entrega seja realizada pela própria Internet. É a forma mais pura de Comércio Eletrônico uma vez que todo o processo do negócio é realizado on-line. Empresas que vendem  software, musica ou cursos on-line  são exemplos.

www.symantec.com.br www.weblinguas.com.br

Mercantil 

Empresas que vendem produtos ou serviços para outras empresas utilizando-se a Internet como canal de comercialização 

www.quickpack.com.br

Mercantil direto

Modelo de negócio de empresas produtoras de mercadorias que se utilizam da web como canal direto de venda para o consumidor final, eliminando total ou parcialmente os intermediários.

www.caloi.com.br www.celta.com.br 


Corretagem:

Modelos de negócios dos chamados facilitadores de negócios na Internet. São sites que facilitam e estimulam a realização de transações, através da manutenção de um ambiente virtual, que coloca em contato e aproxima os fornecedores e os potenciais compradores.

Variantes

Descrição

Exemplo

Shopping Virtual

Site que reúne diversas lojas virtuais. Receita é obtida através de uma taxa mensal + comissão sobre as vendas realizadas ou pagamentos por anúncios. 

www.sebraecenter.com.br www.shopfacil.com.br

 

Leilões on-line

 

 Ambiente virtual que possibilita a oferta de mercadorias e a realização de lances até se chegar a a melhor oferta disponível. A Receita é obtida através de taxas de cadastramento + comissão no caso de empresas  (B2B) ou comissão sobre venda no caso de pessoas físicas (C2C).  Possui variantes como o Leilão reverso, onde os vendedores é que fazem os lances, e o menor preço ofertado leva o pedido.

www.superbid.net www.mercadolivre.com.br 

 

Portal Vertical

Possibilita a interação entre empresas do mesmo setor de negócio e incentiva a realização de transações através de negociação direta ou  leilões.  Variantes: Comunidades de Negócios, onde além das transações existem um grande fluxo de informação e orientação aos membros da comunidades, como boletins, diretórios de fornecedores. classificados, ofertas de empregos, entre outros; Agregador de compras , que reúne os compradores para obter maior volume e melhor negociação nas compras. 

  www.chemconnect.com 

Metamediários

Aproxima compradores e vendedores sendo que a receita é geralmente obtida através de comissões sobre as transações realizadas através do site. É o caso dos Corretores Financeiros   que facilitam a realização de investimentos por parte da pessoa física, disponibilizando acesso a um ou mais fornecedores de serviços financeiros como compra de ações, seguros, investimentos, ou os sites que dão prêmios aos consumidores para incentivar a compra em sites parceiros.

www.investshop.com.br www.dotz.com.br


Publicidade:

Modelos de negócios que utilizam o conceito das emissoras de TV e Radio, o chamado “Broadcasting”. Oferecem produtos e serviços, gratuitamente, como informação ou entretenimento, geram um grande volume de tráfego e obtém receita através de anunciantes que desejam atingir esse público.

Variantes

Descrição

Exemplo

Portais genéricos

 

São os grande portais de conteúdo que oferecem conteudo gratuito ou parcialmente gratuito, além de serviços como servidores de emai.l

www.ig.com.br

Portais especializados 

Sites especializados em determinado público ou segmento de mercado. Geram menos volume de tráfego que os portais genéricos mas com um perfil de público mais concentrado, o que é valorizado pelos anunciantes.

  www.maisde50.com.br 

Gratuidade

Sites oferecem algum serviço/produto gratuitamente para gerar volume de tráfego. É o caso típico dos mecanismos de busca e serviços de correio eletrônico.

www.yahoo.com.br  www.hotmail.com



eCommerce - Copyright 2001 - 2008 - Todos os direitos reservados.