Um bom momento para os sites de conteúdo

Um bom momento para os sites de conteúdo

2178
0
SHARE

Sites de conteúdo são sites focados em um tema ou público específico, tais como: jardinagem, economia, culinária, futebol, artes, e uma infinidade de outros assuntos de interesse. Nesses sites, o internauta encontra conhecimento, fóruns de debates, dicas úteis, além de poder interagir com outras pessoas de interesse semelhante, sempre em torno de um tema central. No início da Internet, os sites de conteúdo eram tão badalados quanto as lojas virtuais, mas com a quebra generalizada de empresas “pontocom”, ocorrida em 2000, eles se tornaram as  principais vítimas do descrédito em relação ao e-commerce. Agora, as mesmas condições que possibilitaram o firme crescimento das lojas virtuais sopram ventos favoráveis em direção a esse tipo de sites. A principal delas é o fato de já possuirmos cerca de 33 milhões de pessoas com acesso à Internet no Brasil, um espantoso crescimento superior a 2.500% em apenas dez anos. Além dessa massa crítica, outro fator positivo é o próprio amadurecimento do setor, que hoje tem know-how para oferecer ao internauta condições seguras e agradáveis de navegação e compra na Internet. O modelo de negócio do site de conteúdo é relativamente simples e envolve as seguintes etapas:

  • Escolher um tema específico. Dentre os mais de trinta milhões de internautas é bem provável que uma parcela tenha interesse no tema escolhido. Uma estimativa do  tamanho do nicho de mercado deve ser realizada no momento de escolher o tema;

  • Desenvolver um bom conteúdo sobre o assunto focado, renovando-o regularmente com informações úteis e atualizadas;

  • Fomentar o surgimento de uma comunidade de valor composta por pessoas que voltarão regularmente ao site em busca de informação, interação com outros internautas ou entretenimento;

  • Oferecer espaço para fornecedores de produtos de qualidade relacionados ao tema e captar anunciantes diretamente, por meio de Programas de Afiliados ou através do sistema Google Adsense

Para o sucesso desse modelo de negócio todos os participantes devem estar satisfeitos: o usuário deve receber gratuitamente conteúdo de qualidade, o fornecedor deve ter acesso a um público direcionado com potencial interesse em seu produto e o site deve receber uma parte da receita gerada por meio de venda de anúncios, patrocínio ou afiliação que o torne viável. Naturalmente, como em qualquer outro negócio, nem tudo são flores, é necessário trabalhar duro. O desenvolvimento e a manutenção de um bom conteúdo demandam  pesquisa para geração de conhecimento, ou custo, caso isso seja terceirizado. Outro fator crítico de sucesso é a necessidade de geração de um grande volume de tráfego. Cerca de 30 mil visitas por mês é um volume razoável para começar a monetizar o site, mas o sistema vai engrenar de verdade a partir de um volume de centenas de milhares de visitas. Finalmente, a escolha dos parceiros fornecedores é outro fator determinante para o sucesso. Melhor ter poucos fornecedores de produtos de qualidade do que centenas oferecendo lixo pois a imagem do site perante os internautas estará sempre associada à de seus parceiros.

O assunto é vasto demais para ser aprofundado em um simples artigo, mas merece uma atenção especial do empreendedor. Voltaremos a ele em outra oportunidade.

LEAVE A REPLY