Questões importantes sobre empreendedorismo na Internet:

O caminho para o empreendedorismo

Nos dias de hoje, é preciso pensar menos em emprego e mais em trabalho. O fundamental é adquirir o conhecimento que vai gerar valor no mercado, não importando a forma com a qual esse conhecimento é transacionado, se por meio de carteira, consultoria, terceirização, contrato de compra e venda de serviço, ou outra qualquer. Esqueça o velho e surrado bordão de “arrumar um bom emprego com carteira assinada”. Troque-o pela possibilidade de adquirir conhecimento que venha gerar valor para os outros, empacote o seu conhecimento com competência e ofereça-o ao mercado na forma que ele deseja. Procure sempre pensar como empreendedor, ser dono de seu destino e nunca abandonar um sonho por medo de se arriscar num empreendimento

O empreendedorismo na Internet – um novo campo de atuação

Muito provavelmente, você já está familiarizado com a Internet em seu cotidiano, seja para receber emails, buscar informações, namorar etc. Mas, talvez, você não tenha notado que ela está mudando também a forma como as pessoas compram e realizam transações. Devido principalmente a comodidade, as pessoas estão comprando cada vez mais pela Internet, e isso significa uma excelente oportunidade para quem quer vender seu produto ou serviço e tem conhecimento e competência para fazê-lo. É muito mais fácil se estabelecer – e ser bem-sucedido – em um setor que está em franco crescimento, do que em outro que está estagnado, ou até mesmo em declínio

Empreendedorismo e nichos de mercado na Internet

A Internet representa um novo, e promissor, campo de atuação para os empreendedores. Como os negócios on-line são relativamente recentes, o conhecimento na área ainda é restrito a poucos e a Internet apresenta inúmeros nichos de mercado que podem se transformar em negócios bem-sucedidos se devidamente explorados.
Diferenças em relação ao empreendedorismo tradicional

Os números do e-commerce no Brasil são extremamente favoráveis, com mais de trinta milhões de pessoas comprando de forma rotineira pela Internet e um faturamento que cresce ano após ano. Naturalmente muitos empreendedores já tem conhecimento desse fato e estão investindo no novo canal de comercialização.
O que o empreendedor da Internet precisa saber

Procure saber mais sobre o ecommerce por meio de livros ou faça um curso. Conheça as principais variáveis que determinam o sucesso ou o fracasso de um empreendimento na Internet e para as quais você deverá ficar atento. Se precisar de apoio financeiro ou de conhecimento de alguém mais experiente, considere a possibilidade de buscar um Investidor Anjo.

O Empreendedorismo na Internet e suas Vantagens

Muitas vezes potencializado pela diminuição constante na oferta de empregos, o empreendedorismo é um sonho acalentado por muitas pessoas pelo fato de representar uma nova oportunidade de crescimento pessoal e financeiro. Para se ter uma idéia da dimensão do empreendedorismo no Brasil, estudo realizado pela Associação Comercial de São Paulo e seu Fórum de Jovens Empresários, indica que, nada menos do que 8 em cada 10 estudantes universitários em São Paulo, gostaria de se tornar empreendedor e montar seu próprio negócio. E foi justamente um estudante, quem me fez a pergunta sobre a viabilidade do empreendedorismo na Internet. Questão que, no meu entender, merece um sonoro “SIM” como resposta, pelas seguintes razões:

O Empreendedorismo na internet representa novas oportunidades.

Isso tem duas implicações. A primeira, é que o conhecimento relacionado a esse novo ambiente de negócios, o chamado “know-how”, ainda não está plenamente difundido. Na verdade, os empresários, pesquisadores e estudiosos do ecommerce, ainda estão buscando conhecimento e aprendendo com os erros e acertos ao longo do caminho. Isso funciona como uma espécie de nivelador e diminui a distância entre quem já está no jogo há mais tempo e quem entrar nele agora, o que é positivo para o empreendedorismo na Internet. Também relacionado à questão da novidade da área, é fato que ainda existem muitos nichos de mercado interessantes para serem explorados. Pequenos segmentos que eventualmente não interessam às grandes empresas, ou passaram despercebidos, ou que ainda não estão totalmente maduros, podem representar uma excelente oportunidade de negócios para um empreendedor com visão e mente abertos.

O Empreendedorismo na Internet exige menos investimento.

Quanto custa a montagem de um site de ecommerce e quanto custa a montagem de uma loja física? Quanto representa o custo de hospedagem de um site num Shopping Virtual em relação ao aluguel e luvas de uma loja num Shopping Center? Sem dúvida, o desembolso é sensivelmente menor para o empreendedor na Internet, particularmente no caso do varejo. É claro que você pode gastar os tubos em um site se quiser, e muita gente faz isso, mas, no que se refere a investimentos e custos, o fato concreto é que o empreendedorismo na Internet leva uma enorme vantagem. Para um empreendedor que, via de regra, dispõe de poucos recursos esse é um aspecto extremamente relevante.

O empreendimento pode ser implantado aos poucos e testado.

Diferentemente de um negócio tradicional, onde o inicio das operações geralmente ocorre somente com o empreendimento totalmente estruturado, um negócio na Internet pode ser implantado em etapas, diluindo o investimento e facilitando a correção de erros. Imagine que você queira montar, por exemplo, uma tabacaria. Se sua loja for no shopping ou na rua, você só poderá receber o primeiro cliente com a loja totalmente pronta, e se não entrar um só gato pingado depois, paciência! Lá se vai praticamente todo o investimento por água abaixo. Na Internet você pode montar um site de conteúdo, com ou sem sua marca definitiva, testar a aceitabilidade de seu modelo de negócio e produtos, avaliar a visitação, e só depois começar a vender. É claro que isso representa tempo, mas é um tempo muito bem gasto que pode representar a diferença entre ganhar ou perder o jogo depois. E essa questão, nos leva ao último argumento a favor do empreendedorismo na Internet

O momento do empreendedorismo na internet é agora.

Se você pensasse em ser um empreendedor na Internet há dez anos atrás, ainda no século passado, provavelmente já teria sido varrido do mercado juntamente com milhares de pequenos, médios e grandes empresários que fizeram parte da “Internet eufórica”. Ou então, teria sobrevivido, numa espécie de concha aguardando a maré do mercado trazer uma quantidade razoável de compradores potenciais para começar a vender de verdade. O quadro hoje está totalmente mudado. Temos mais de 40 milhões de consumidores on-line que movimentam cerca de 23 bilhões de reais. É claro que quando tivermos 100 milhões de compradores vai ser melhor ainda. O problema para o empreendedor da Internet é que nesse momento, a coisa já não será mais novidade e boa parte das vantagens anteriormente assinaladas terão desaparecido. O conhecimento vai estar mais disseminado, muita gente boa e de peso estará estabelecida, já não haverá tantos nichos de mercado a disposição e assim por diante. Logicamente o grau de incerteza será menor, mas em contrapartida, a competição será muito mais feroz. Portanto, senhores empreendedores, façam suas apostas porque o jogo do empreendedorismo já está sendo jogado também na Internet.

Mais dicas e informações sobre empreendedorismo em: EMPREENDEDORISMO.

Empreendedor da Internet: fatores críticos de sucesso

O consumidor definitivamente adotou a compra on-line e hoje cerca de um quarto da população brasileira compra regularmente pela Internet, devido principalmente à conveniência e a economia obtida. Isso significa uma excelente oportunidade para quem deseja montar um empreendimento neste novo canal de comercialização e tem o conhecimento necessário para fazê-lo.

Mas que tipo de conhecimento é necessário para o empreendedor que deseja investir na Internet com sucesso?

Em princípio, vender pela Internet não é muito diferente do que vender por meio de outro canal de comercialização. O fundamental é conhecer muito bem o seu público alvo e oferecer um produto que atenda efetivamente as necessidades desse público. No entanto, o ecommerce tem algumas peculiaridades que deverão ser consideradas na implantação e gestão do empreendimento e que podem fazer a diferença no final. Vamos ver três fatores críticos de sucesso para o empreendedor da Internet.

Conhecer o consumidor online.

O consumidor online típico tem melhor escolaridade que o consumidor tradicional. Ele é crítico, exigente e sabe que tem em suas mãos uma arma poderosa que é a possibilidade de usar a própria Internet para manifestar a sua insatisfação com um eventual serviço. Além disso, esse consumidor tem outra arma poderosíssima a sua disposição: o poder da informação. Na Internet é muito mais fácil e rápido conseguir informações sobre qualquer produto desejado e inclusive comparar o valor pelo qual esse produto esta sendo ofertado pelos diferentes players. Isso representa um poder considerável para o consumidor. No entanto, se por um lado esses fatores trazem dificuldades para o comerciante que acha que vai conseguir vender produtos de baixa qualidade com preços acima do mercado, por outro, trazem também a oportunidade para o empreendedor que compreende esse novo perfil e está comprometido a oferecer qualidade, bom preço e bom atendimento aos seus clientes.

Planejamento nunca foi tão importante.

É claro que pesquisar, analisar e colocar no papel todas as variáveis relevantes sobre o projeto sempre foi um aspecto determinante para o empreendedor de sucesso, uma vez que isso previne gastos desnecessários, evita atrasos e amplia perspectivas de aproveitamento de oportunidades. No entanto, o que ocorre hoje na Internet é que o grau de competição se ampliou enormemente, diminuindo as possibilidades de correção de erros, assim como as margens de lucro, e aumentando os riscos do negócio. Sem contar que muitos setores pouco explorados tempos atrás hoje se encontram saturados, o que nos leva ao terceiro fator crítico de sucesso para o empreendedor.

A escolha do Nicho de Mercado, decisão crucial.

Pode-se dizer sem medo de errar que um dos principais determinantes de sucesso é a definição do que será vendido, e para quem. Um empreendedor desavisado que entra num nicho carregado de grandes players já estabelecidos tem pouquíssimas chances. Da mesma forma, um empreendedor que tentar um nicho com poucos concorrentes, mas cuja demanda pelos produtos vem decaindo gradativamente, ano após ano, está fadado ao fracasso. Em nosso curso de empreendedorismo na Internet, mostramos que utilizando ferramentas simples, disponíveis na Internet, pode-se fazer uma boa avaliação de qualquer nicho de mercado, minimizando assim os riscos do projeto.

Os três fatores citados acima, por si só, não garantem o sucesso do empreendedor, mas sem dúvida aumentam muito a chance dele ocorrer. Principalmente se considerarmos o estupendo crescimento desse mercado que continua firme, conforme mostrado pela tabela abaixo:

Previous articleO PRIMEIRO LIVRO SOBRE COMPRA COLETIVA DO BRASIL
Next articleOtimização de Conversão (CRO)
Dailton Felipini é referência quando o assunto é ecommerce, atuando na área de negócios digitais desde 2001. É graduado e mestre em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas - FGV, em São Paulo e trabalhou na IBM em Nova York. Possui cinco livros publicados sobre ecommerce, é palestrante e fundador da Lebooks, primeira editora a publicar e comercializar ebooks no Brasil.