Programa de afiliados: você irá utilizar um

Programa de afiliados: você irá utilizar um

1114
0
SHARE

A montagem de um programa de afiliados é uma das estratégias mais eficazes de web-marketing e embora ainda não seja utilizada intensamente pelas lojas virtuais no Brasil, é certo que isso vá ocorrer num futuro muito breve. Basta que haja uma maior oferta de soluções de gerenciamento de programas de afiliados, ou fornecedores de serviços que disponibilizem sua plataforma de gerenciamento para os lojistas interessados, o que é mais provável.

O conceito dos programas de afiliados é bem simples e pode ser comparado ao sistema de corretagem encontrado na economia tradicional: alguém (afiliado) indica compradores em potencial para um comerciante (loja virtual) e cada vez que uma compra é realizada essa pessoa recebe uma comissão sobre o valor da transação realizada. As informações sobre o afiliado que originou a venda, os valores transacionados e as comissões, entre outras, são processados on-line por um software de gerenciamento adquirido pelo lojista, ou utilizando-se o serviço de terceiros

Origem dos Programas de Afiliados.

O surgimento da estratégia de afiados é creditado a uma empresa americana chamada “cybererotica” que oferecia acesso a conteúdo adulto na Internet e pagava uma comissão sobre a receita aos sites que lhe indicavam clientes. Isso em meados de 1994. Os programas de afiliados, no formato utilizado hoje pela maioria dos lojistas, com software de gerenciamento de afiliados mais sofisticados, utilização de banners e inúmeros recursos de promoção, são creditados a Amazon que em 1998 lançou um programa de afiliados que se tornaria amplamente conhecido e é, até hoje, um padrão na Internet.

Por que os Programas de Afiliados irão se expandir.

Quando comparamos três diferentes estratégias de webmarketing no que se refere ao gasto do anunciante, fica claro a razão da utilização cada vez mais crescente dos programas de afiliados:

Compra de banners: a despesa ocorre a partir da publicação de um anúncio gráfico, cuja taxa de clique gira ao redor de 0,5%.
Links patrocinados: o lojista incorre em uma despesa quando recebe um visitante em sua página e tem, a partir daí, a possibilidade de transformá-lo em cliente e gerar uma receita.
Programa de afiliados: a despesa é gerada somente se uma receita já foi realizada, ou seja, o lojista concretiza a venda e posteriormente transfere uma parte dessa receita ao afiliado que indicou o comprador.

Para o afiliado, o sistema também é muito interessante na medida em que o seu trabalho é apenas publicar o anúncio do lojista (publisher). Naturalmente, o ganho do afiliado vai depender da escolha do produto a ser divulgado, e do volume de visitantes do site expostos aos anúncios, mas são variáveis que dependem exclusivamente dele.

LEAVE A REPLY