Adwords e Adsense, os filhos gêmeos do Google

Adwords e Adsense, os filhos gêmeos do Google

1960
0
SHARE
As empresas de sucesso na Internet têm como características o arrojo, a criatividade e a inovação e, sem dúvida nenhuma, a Google faz parte desse seleto grupo. Dentre mais de uma dezena de novos negócios trazidos para o mercado, alguns desenvolvidos internamente, outros adquiridos de terceiros, a obra do
Google que mais chama a atenção é a dupla Adwords – Adsense. Inicialmente a Google lançou o Adwords, o sistema de anúncios vinculados aos resultados da busca, posteriormente, lançou o Adsense, um sistema gerenciador de publicidade para sites ou blogs, na qual os anúncios captados através do Adwords são exibidos. Os dois sistemas se complementam para constituir uma formidável modelagem de negócio que, além de potencializar o crescimento do e-commerce, está turbinando os lucros da empresa.

O Adwords traz em seu bojo uma grande transformação no modo de pagamento do anúncio, que deixa de ser por CPM – Custo Por Mil — e passa a ser por clique. Esse modo de pagamento é muito mais inteligente e econômico que o anterior, pois o anunciante só paga quando realmente recebe um visitante no site. Já o grande mérito do Adsense é facilitar a monetização dos sites de conteúdo, ou seja, tornar possível para uma infinidade de sites e blogs, mesmo os mais simples, a geração de alguma receita decorrente de anúncios.

Como o Adwords e o Adsense se complementam

Para tornar mais claro como um empreendedor da Internet se insere nesse modelo de negócios, imagine que você possua uma loja virtual e também edite um blog. Para anunciar sua loja virtual, você se cadastra no Adwords, cria os anúncios e começa a aparecer nos resultados da busca e nas páginas dos sites parceiros do Google. Já no caso do blog, para monetizar o conteúdo você se cadastra no Adsense, escolhe onde os anúncios vão aparecer e copia alguns códigos fornecidos para sua página. O Google decide quais anúncios serão publicados em seu blog baseado no conteúdo do mesmo e encontra os anunciantes adequados. Moral da história: você é duplamente cliente do Google: como anunciante no Adwords e como editor de blog parceiro no Adsense. No primeiro caso você paga para anunciar, no segundo caso você recebe uma parte do valor pago pelo anuncio e o restante é do Google pelo trabalho de fazer tudo isso acontecer. Pode-se até imaginar uma situação inusitada na qual você veria o anúncio de sua loja virtual em seu próprio blog. Só não pense em clicar, pois a sua comissão será necessariamente menor do que o custo desse clique.

Alguém poderia questionar por que o próprio editor não pode instalar um sistema gerenciador de publicidade em seu site e procurar anunciantes? É claro que isso é possível, mas quem já tentou fazer sabe que na maioria absoluta dos casos não é compensador. A dificuldade de conseguir anunciantes e negociar valores aceitáveis é muito maior que a possível receita e o tempo é um bem precioso demais para o pequeno empreendedor, portanto o Adsense é realmente uma grande solução. Juntos, os dois sistemas dão um gigantesco impulso ao e-commerce, além é claro, de consolidar cada vez mais a Google, como a grande referência da Internet.

LEAVE A REPLY